Grazie, Cesare!

4 de abril de 2016

O mundo do futebol que lamentou a perda de Cruyff, volta a ficar de luto. Cesare Maldini faleceu na data de hoje (03) aos 84 anos. Foi zagueiro e treinador do Milan e da seleção italiana. Como jogador, Cesare disputou 412 jogos pelo Milan e venceu 4 vezes o Campeonato Italiano (1954/55, 1956/57, 1958/59, 1961/62) e 1 vez a Uefa Champions League (1962/63). Mas sua maior luta seria fora de…

Leia Mais >>

Pequenos Grandes Campeões #1: IFK Göteborg 1981/82

28 de março de 2016

Gotemburgo é a segunda maior cidade da Suécia e fica no sudoeste do país escandinavo. Com pouco mais de 500.000 habitantes, a cidade é conhecida pelo seu grande porto onde a maioria das cargas são escoadas, e pelo passado no futebol. O Idrottsföreningen Kamraterna Göteborg, ou apenas Göteborg, por duas vezes já venceu a UEFA Europa League, hoje o segundo torneio mais importante de clubes na Europa. Na época, ainda…

Leia Mais >>

Bielsa, a loucura revolucionária

27 de março de 2016

Bielsa é um treinador lendário. E o que mais faz dele lendário é o fato de ter fincado o seu nome na história sem ser necessário uma sala de troféus enorme. Ganhou alguns campeonatos argentinos, uma Copa Catalunha e medalha de ouro das Olimpíadas. O argentino começou sua carreira como treinador no Newell’s Old Boys. Após treinar times do México, Vélez e Espanyol, assumiu a seleção da Argentina. Foi bem….

Leia Mais >>

Um pequeno agradecimento de dois fãs à Johan Cruyff

25 de março de 2016

Abrimos um espaço para dois fãs do futebol holandês e de Johan Cruyff falarem, prestarem suas homenagens e mostrarem suas opiniões. Aí vai: Lucas Vasconcelos Silva Acredito que a coisa mais difícil, ao lidar com Johan Cruyff, é defini-lo. “Artista vanguardista” é a expressão que eu gosto de usar. Pois o holandês, além de jogar muita bola, mudou conceitos. Ah, esse papo é muito cliché. Sim, Johan mudou a bola,…

Leia Mais >>

Obrigado, Cruyff!

24 de março de 2016

O mundo do futebol perdeu no dia de hoje uma das maiores estrelas de sua história: O genial Johan Cruyff. Cruyff, que sempre venceu tudo com imensa maestria foi vencido por um câncer no pulmão aos 68 anos. A contribuição dele para o futebol é muito grande: Frases marcantes, revolução no jeito de ver e praticar futebol e a história de um homem à frente do seu tempo. Muitos treinadores…

Leia Mais >>

Especial: Piores contratações da história

22 de março de 2016

Contratar é um ato extremamente comum no futebol mundial. Clubes buscam constantemente reforçar seus elencos para a temporada. Os critérios para considerar uma contratação como boa são vários: Custo, idade, futebol apresentado e o lucro obtido numa eventual venda futura. O texto de hoje falará das piores contratações da história futebolística. Keirrison no Barcelona O atacante era visto como um dos mais promissores no futebol brasileiro. O atacante deixou o…

Leia Mais >>

Procura-se: Bastian Schweinsteiger

20 de março de 2016

Onde está Bastian Schweinsteiger? Essa é a pergunta que todo o torcedor do Manchester United – e quem curte o bom futebol – está fazendo. Para início de conversa, Bastian é volante e sempre atuou no Bayern de Munique como jogador profissional, até o início dessa temporada. Transferiu-se para o Manchester United por 9 milhões de euros a pedido do técnico Louis Van Gaal. A verdade é que o alemão…

Leia Mais >>

O curioso caso de Aritz Aduriz

17 de março de 2016

Com 9 anos, foi campeão nacional de Cross Country, surfou nas praias movimentadas do País Basco, jogou o esporte tradicional da região – Pelota Basca – e até esquiou, mas o que encantava e queria fazer era jogar futebol. Não é um dos jogadores que fazem a carreira toda dentro do Athletic Bilbao, mas nunca saiu da Espanha, jogou também no Mallorca e Valencia na primeira divisão espanhola. Quando o…

Leia Mais >>

Valeriy Lobanovskiy, o homem que revolucionou o futebol

14 de março de 2016

Em 1939, nascia em Kiev, na União Soviética, Valeriy Lobanovskiy. Foi revelado pelo Dínamo de Kiev, onde jogou por 7 anos (1957-1964), depois jogou pelo Chornomorets Odessa (1965-1966) e encerrou a carreira jogando pelo Shakhtar Donetsk (1967-1968). Após encerrar a carreira, logo usou o que mais tinha conhecimento mesmo como jogador: as táticas e padrões de jogo. Ainda quando jogava pelo Dínamo, Valeriy pensava diferente do futebol da época. Ele…

Leia Mais >>

Ídolos de países alternativos #1

10 de março de 2016

Todo mundo sabe da importância do Maradona pra Argentina, do Pelé pro Brasil, do Zidane pra França, do Charlton pra Inglaterra, do Beckenbauer pra Alemanha….também é normal se lembrar do Nakata quando se fala em Japão, do Park Ji-Sung quando se fala em Coreia, do Valderrama quando se fala em Colômbia, do Kanu quando se fala em Nigéria, do Hagi quando se fala em Romênia… Mas, além desses países que…

Leia Mais >>